Saiba como conquistar o respeito e a confiança de clientes

Conquistar respeito e confiança de clientes, parceiros e colaboradores pode não ser tão fácil quanto se pensa. Pequenas atitudes podem jogar por “água abaixo” bons relacionamentos pessoais e profissionais.

Sabe-se que credibilidade se adquire com o tempo e com atitudes diárias coerentes. Ninguém consegue vender transparência e limpeza, se estiver impregnado de maldade e sujeira.
Em qualquer momento do dia construímos nossa imagem. Situações prosaicas e descontraídas, como um simples bate-papo com amigos, podem passar uma imagem positiva ou negativa. Isso ocorre tanto nas relações pessoais quanto nas profissionais.
Ingenuamente, às vezes, podemos nos boicotar. Aquela piadinha racista ou preconceituosa, além de abominável, não deve fazer parte do rol de comportamento de quem deseja projetar uma boa imagem pessoal e profissional.
Numa era que preconiza a igualdade de direitos e respeito às diferenças, um infeliz comentário traz consequências indeléveis.
Da mesma maneira a empresa que prega valores como competência, respeito e agilidade, e desaponta o cliente com prazos estourados, desleixo e atendimento pouco cortês não conseguirá uma segunda chance com o mesmo cliente.
Ora, se prezamos os valores institucionais de organização, pontualidade, ética e transparência, devemos agir coerentemente com tais valores.
Temos como premissa a tolerância com o próximo, mas na primeira oportunidade desrespeitamos ou humilhamos um funcionário mais humilde de uma loja ou restaurante. Pregamos que as relações devam ser pautadas na diplomacia, entretanto perdemos rápido o controle, esbravejamos e demonstramos todo o nosso destempero num momento de contrariedade.
Esse abismo entre ser e parecer ser, além de comprometer nossos relacionamentos, afetam nossa credibilidade perante os outros.
Ser social é inerente à condição humana. Vivemos em sociedade. Quem adotou o contato com o público como forma de trabalho precisa sempre tomar cuidado com a maneira de falar e agir.
Nunca é demais lembrar as singelas lições de bons modos de nossa infância que cabem maravilhosamente bem em todos os dias de nossa vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *