Por que seus e-mails estão caindo em spam?

Sim, afirmo categoricamente que o e-mail marketing continua sendo uma ótima forma de atrair novos leads e engajar consumidores para a sua empresa. Com ele a gente consegue divulgar e propagar quem somos, como trabalhamos e criamos um relacionamento muito mais próximo com o cliente. A automação do processo com a correta nutrição de leads é a chave do sucesso da estratégia. Não diferente que as outras mídias, devemos analisar as métricas, abertura, cliques e conversões. Padrão para avaliar qualquer campanha e a resposta que ela traz diante do público.
Agora entre o caminho da criação, automação e chegada ao consumidor final, o grande bicho-papão é o e-mail cair em spam. E para evitar isso apresentamos as nossas dicas de ouro de hoje.


1) Você tem a própria base de leads?
Nada de impulso ou de imediatismo. Vai por mim, construir a própria base, com interessados realmente engajados é a forma mais saudável para ter resultados consistentes. Invista em formulários no site e no blog, capte e-mails pelas redes sociais e vai compondo uma base sólida.


2) Utilize uma ferramenta adequada para o disparo de e-mails
A ferramenta diz muito sobre o resultado da campanha, deve ser de uso fácil, que possua um suporte eficiente e que tenha além das funções do disparo de e-mail marketing, todo o monitoramento necessário
para a avaliação correta das estratégias.


3) Está enviando conteúdo relevante e focado no seu público?
Foco na mensagem e no endereçado, o que você está enviando e para quem está fazendo? O que você tem a dizer vai ao encontro do que o seu consumidor quer ouvir? Isso se chama relevância. Seu conteúdo
precisa ser interessante, claro e atraente. E como captar atenção em pouco segundos numa era em que o consumidor é bombardeado com enxurradas de informações? Design, texto enxuto e não se esqueça de
peças responsivas para visualização pelo celular. Entregue bons conteúdos para manter as pessoas conectadas a sua marca.


4) Como está a frequência dos seus disparos?
Você deve criar uma rotina com disparos regulares, alterne campanhas de conteúdo, produto e institucional. Isso “oxigena” os seus envios. Não “metralhe” somente ofertas. Seu público também quer
informações sobre o mercado. Saiba segmentar com habilidade as suas bases. Nem tudo o que interessa a um perfil, tem o mesmo efeito para outro. Seu CRM possui essa função de segmentação dos leads? Isso
é indispensável para os bons resultados das campanhas. Mantenha uma boa frequência de envios para garantir seu público sempre engajado à marca.


5) Utiliza, sem querer, práticas que detonam a reputação?
É muito importante se ligar em algumas práticas que promovem o reverso do que queremos: e-mails ignorados e excluídos, e-mails marcados como spam, e-mails destinados a endereços inválidos ou inativos
e, finalmente, e-mails criados, propositalmente, para identificar spammers. Essa prática revela uma baixa reputação da empresa, fazendo com que as próximas mensagens caiam em spam, ou sejam bloqueadas,
acarretando um menor alcance.


Enfim, boas práticas, quando falamos sobre campanhas de e-mails marketing. Fora isso, há outras dicas importantíssimas, quanto o consentimento em receber os e-mails, opção de descadastramento e outras.
Afinal você não quer ser punido pelo seu público, tampouco pelos motores de busca, quer? Portanto confie em seu om conteúdo e deixe o seu público avaliar até quando deseja receber seus materiais. Isso é educado, ético, profissional e vai te conferir ainda mais relevância e boa reputação entre os seus consumidores. Concorda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *