Como o ChatGPT pode transformar seus anúncios imobiliários?

Hoje o ChatGPT já entrou para ficar em muitos negócios, devido a sua facilidade e resultados imediatos que pode trazer para os diversos segmentos. Claro, essas ferramentas devem ser incorporadas para otimizar tempo e oferecer mais excelência aos negócios.

Para o mercado imobiliário, o CRM integrado ao CHATGPT poder trazer facilidades incríveis, comcomandos de forma rápida, eficaz e assertiva, mas é necessário que o corretor de imóveis dê os insumos para o ChatGPT entregar o que se espera, instruindo-o para que as respostas sejam completas e eficientes.

Quando corretor sugere detalhes e dá mais ênfase a alguns aspectos na ficha do imóvel, como as informações úteis e relevantes, o ChatGPT pode montar uma descrição única e assertiva, o que vai atrair novos interessados ao imóvel. Consequentemente as chances de negociação e de boas propostas são bem maiores. E não para por aí, a IA pode contribuir ainda muito mais com outros tantos recursos para facilitar a gestão imobiliária e fornecer novos insights para os negócios.

No CRM Univen, a IA vai ajudar os corretores a criarem textos mais atraentes para a descrição do imóvel, a partir das indicações e comandos dados, por exemplo, “descreva um imóvel em detalhes com tais características da ficha e dê ênfase à localização, área verde, expansão da região e explique as vantagens”.

Quanto mais bem elaborado o comando, maiores são as chances de um resultado bem-sucedido. Isso significa economiza de tempo e energia na criação dos anúncios.

O ChatGPT opta por uma linguagem natural, leve e interativa, aumentando o desejo do interessado em conhecer o imóvel e avançar no fluxo de compra. Com legendas incríveis nos anúncios, o corretor pode criar mais argumentos de vendas e interesse do consumidor. Ficou mais fácil e eficiente acelerar o processo de vendas.

Com base nessa análise de dados dos imóveis mais pedidos, é mais simples e assertivo coletar e analisar informações sobre as preferências do público e adaptar novas estratégias que atendam as demandas.

É desafiador e estimulante ver como a evolução da tecnologia consegue converter parte das atividades humanas em robóticas. Mas vale lembrar que, por mais interação tecnológica, a mão e o pensar do corretor não se substituem: as conexões humanas precisam de gente, e de gente que se conecte com gente.

A inteligência artificial e o homem vão coexistir, sempre. Por isso é imprescindível que o profissional imobiliário entenda as necessidades reais que o consumidor busca para identificar, se conectar e oferecer soluções que satisfaçam essas necessidades emocionais que possam envolver essa pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.