Soluções do passado para contextos atuais: alerta de grande perigo!

Parafraseando a metáfora das moscas no copo do leite, é inevitável que façamos a sua leitura para o mundo corporativo.Só para ilustrar, a pequena fábula falava de duas moscas que estavam num copo de leite. Uma delas, cansada de se debater, desistiu e morreu afogada. A outra, persistindo, notou que, quanto mais se movimentava no leite, criava uma pequenina nata sobre a qual subiu e conseguiu se salvar. Num segundo momento, ou seja, num contexto diferente, caiu num copo de água e foi alertada por outra mosca para nadar até o canudinho mais próximo e se salvar. Supondo que estava numa mesma condição do momento passado, negligenciou o conselho da mosca e disse que sabia como resolver seu problema. Dessa maneira, nossa heroína morreu, uma vez já que não estava no copo de leite e, na água, não criaria uma nata.
Encontrar soluções inteligentes para questões relevantes que cercam os gestores é uma constante em qualquer empresa: diminuir custos, gerir com mais eficiência a equipe, superar e atender as expectativas do cliente e competir dignamente ante o concorrente são alguns exemplos já clichês no cotidiano dos negócios.A grande sacada é a não-acomodação frente aos novos desafios. Receitas já testadas e prontas nem sempre são as melhores saídas para situações que se redesenham em novos contextos.A arrogância de acreditar que a solução tomada anteriormente pode significar boa estratégia no momento presente pode afundar qualquer boa campanha de estratégias para novos produtos ou mesmo prejudicar as ações já conhecidas.É importante não abrir mão de princípios e valores que alicerçam a filosofia institucional. Vergar-se à tempestade é sempre alternativa viável para quem quer manter fincadas bem fortes suas raízes. Cada vento vem de um lado, em intensidade e temperaturas diferentes. Assim qualquer problema no interior da empresa deve ser avaliado em sua própria dimensão, pela equipe envolvida e dentro do seu próprio contexto.

Como na fábula da mosca, de nada adianta se debater caso não esteja num copo de leite (como no passado). No contexto atual o copo é de água, não se formará uma nata.

A prepotência e presunção fazem com que não façamos a leitura de diversos alertas em nossa volta, mesmo que a solução mais adequada tenha sido já apontada (nade até o canudinho e escape do afogamento!).
Maturidade, senso de reflexão, abertura para a fala franca com os colaboradores e coragem de assumir riscos são alguns meios adotados pelos gestores modernos e inteligentes. Perceberam através de vivências anteriores que a atitude solitária é pesada, árdua, cruel e pouco significativa.Assim o bom diálogo, o cuidado com a imagem da empresa e o zelo pelos investimentos já se tornaram variáveis importantes na tomada de decisões cruciais na rotina da empresa. Em novas situações-problemas, novas oportunidades de crescimento e evolução ao encontro de possíveis soluções.

One thought to “Soluções do passado para contextos atuais: alerta de grande perigo!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *