vendas

Imobiliárias: como fugir das desculpas e vender imóveis em tempos de crise

Imobiliárias, ampliem e olhar e percebam mais oportunidades onde todos visualizam fracasso!

Clichês sobre fracasso em vendas de imóveis já estão tão incorporados que muitos nem percebem que derrapam neste mesmo erro.  Frases do tipo “fim de mês ninguém compra”, “este mês tem muitos feriados”, “ano de Copa o foco está no futebol”, “agora as pessoas já estão pensando em férias” e tantas outras que conhecemos apenas reforçam práticas negativas que não levam o corretor de imóveis ao encontro de seu objetivo: vender.

A cada dia que passa contatos não são feitos, expectativas não são atingidas e a modorra e o fatalismo tomam conta. Talvez alguns comportamentos e uma pitada de criatividade podem contribuir para virar o jogo e chegar ao fim do mês com a consciência tranquila do dever cumprido.

Eventos, feirões, coquetéis de lançamentos, cafés com palestras podem ser espaços diferentes e fora do lugar-comum onde a sua imobiliária se estabelece e se fortalece como marca na mente do consumidor, comoformadores de opinião e como modelo exemplar de empresa comprometida com o seu segmento. É nesse tipo de imobiliária e corretores que os clientes e novos investidores confiam.

Um bom profissional de corretagem imobiliária foge de cinco comportamentos que o impedem de realizar suas vendas. Vamos a elas?

 

É o apoio que corretores e imobiliárias utilizam para justificar e compensar suas falhas. Empreender tempo para encontrar explicações para o fracasso neste ou naquele mês não leva a lugar algum. Refletir sobre novas práticas, estratégias e mudar de postura a cada dia são essenciais para chegar ao fim do mês, procurando reverter as baixas vendas. Aprimore seus procedimentos e melhore seus resultados. Não se vende imóveis hoje como há vinte anos.

 

Apoiar-se em impressões e imprecisões distanciam corretores e imobiliárias dos fatos, dos números e os tornampouco confiáveis, com a visão de que não conhecem o mercado. No momento de uma consulta médica exigimos do médico um diagnóstico claro, não? Se a investigação da doença se prolonga, a sensação de desconfiança logo nos toma conta. Na sua atuação profissional acontece o mesmo: quando o cliente se frustra e não encontra em você as respostas para a sua expectativa ou necessidade, rapidamente ele contata outro.

 

Talvez até pela nossa herança lusitana, a sorte ainda permeia as nossas desculpas. “Fulano teve sorte” é comum aos nossos ouvidos. Estamos tão acostumados a isso que não percebemos que utilizamos uma justificativa imatura e infundada. Leve em conta o planejamento do seu trabalho, o foco nos procedimentos que trazem resultados. Sorte é algo aleatório, é uma eventualidade. Sucesso em qualquer empreitada depende de empenho, capacitação, observação e apropriação de boas práticas. Não deixe que novamente o fatalismo esteja em suas desculpas.

 

Sem administração de tempo corretores de imóveis e imobiliárias não atingem resultados mesmo. Estabelecer horários para as suas tarefas e segmentá-los em atendimento, captação de imóveis, divulgação, administração e estudo de tendências fazem a diferença para um bom corretor de imóveis. Qualquer desculpa relacionada à má gestão de tempo é inadmissível. O seu tempo precisa estar voltado para vender.

 

Imobiliárias e corretores impulsionados somente pela sua impressão de um negócio tendem a não realizar um bom trabalho. Para cada imóvel há um interessado em potencial. São muitas as variantes que fazem um comprador preferir este àquele imóvel. Às vezes há preciosidades em alguns negócios que o corretor de imóveis não enxerga, mas vai atender prontamente ao que o comprador deseja. Não mostrar com entusiasmo alguns imóveis porque o considera feio, velho, etc demonstra amadorismo e imaturidade. A intenção e finalidade da aquisição do imóvel devem ser devidamente sondadas. Quem dispõe do capital é o cliente e só ele sabe o porquê da escolha de determinados imóveis. Fique atento a isso.

Demonstre total conhecimento do mercado e o potencial da sua carteira imobiliária. Pesquise sobre o seu nicho de atuação. Invista em formação contínua. Acompanhe as tendências do mercado, conte com tecnologia para ampliar a sua abrangência.

Para imobiliárias e corretores modernos, preconceito, tabus e clichês estão fora do vocabulário. Afinal o que é isso mesmo?

 

Leitores do nosso Blog podem Testar Gratuitamente o nosso Software, aproveite!

Teste Grátis

4 comentários em “Imobiliárias: como fugir das desculpas e vender imóveis em tempos de crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *