Franquia Imobiliária, vale a pena?

O mercado imobiliário brasileiro, depois de anos de estagnação, evoluiu muito rapidamente. A evolução ocorreu em todos os sentidos, desde as relações entre consumidores e construtoras, passando pelo crédito imobiliário e mais recentemente a unificação, em um grande player do mercado, de suas marcas onde todas as suas empresas de intermediação no Brasil já estão trabalhando sob o mesmo “guarda-chuva”. Tudo isso indica uma tendência aqui que já é realidade em países como os Estados Unidos.

No mesmo sentido dessa empresa de atuação nacional que unificou sua fachadas com uma única marca, podemos observar a chegada de redes internacionais de franquias imobiliárias, até então esse era um modelo de franquia totalmente desconhecido dos brasileiros, mas que, aos poucos, vai mostrando sua capacidade de expansão e colocando cada vez mais empresas sob o mesmo “guarda-chuva” de marca. Dentro dessas redes, um número cada vez maior de empreendedores de outros segmentos pode, utilizando o modelo de franquia, iniciar em um mercado muito atrativo.

Mas, para os empresários imobiliários que já atuam no setor, essas redes agregam? A resposta a essa pergunta pode ser a chave para fazer com que esse novo conceito de marca unificada se estabeleça de forma definitiva como processo evolutivo em nosso país.  Em minha opinião, e sou suspeito para falar, pois trabalho para uma rede de franquias imobiliárias recentemente chegada ao Brasil, acredito que sim. Existe valor agregado para o empresário imobiliário. E proponho a reflexão dos seguintes pontos:

– Quantas imobiliárias possuem estruturas e processos definidos por manuais de procedimentos?
– Quantos possuem uma equipe trabalhando no desenvolvimento de novas tecnologias e ferramentas de ponta com parceiros como Google, Microsoft e Apple?
– Quantos possuem um programa de treinamento para seus corretores com foco na melhoria contínua, reciclagem e especialização?
– Quantas possuem um projeto de expansão de marca, com verbas definidas e ações constantes?
– Quantas permitem ao seu gestor focar sua energia mais nos negócios e menos na gestão de marketing, tecnologia, treinamento, processos, etc.?

Esse é o objetivo de uma rede de franquias: compartilhar negócios com ética, processos definidos, ter a melhor tecnologia disponível, o melhor programa de treinamentos e fortalecer a marca em um projeto de expansão consistente e sustentável. Tudo isso exigindo um investimento mínimo, se levarmos em consideração os percentuais de royalties cobrados.

Para aqueles que não conseguem ver valor agregado na conversão de sua imobiliária em uma marca franqueada eu faço uma outra reflexão.  Se marcas de franquia não agregam, como elas cresceram tanto em países com mercados altamente competitivos como o dos EUA, lá mais da metade dos corretores de imóveis trabalham em uma rede de franquia imobiliária. Se você acha que elas não trarão novos negócios para sua empresa, porquê possui maior conhecimento local e relacionamento; então pense, o que aconteceria se um médico, um advogado, um professor ou mesmo o dono da padaria mais conhecida da cidade abrisse uma franquia imobiliária na sua rua? Certamente pra ele o relacionamento com os clientes não seria um problema e os serviços oferecidos podem ser uma vantagem competitiva que você não consegue ter acesso investindo sozinho.

O processo é evolutivo, marcas unificadas se tornarão mais fortes, é um novo modelo de atuação que propõe mais do que o compartilhamento de clientes e produtos. A questão é: você já conhece o funcionamento do sistema de franquia imobiliária, as marcas existentes e os serviços oferecidos? Se não conhece, eu sugiro, faça ao menos uma pesquisa para saber quem serão os seus próximos concorrentes. Esse é o primeiro caminho para tomar uma decisão estratégica importante para sua empresa no futuro.

 

Leitores do nosso Blog pode Testar Gratuitamente o nosso Sistema, aproveite!

 

Teste Grátis

 

 

30 thoughts to “Franquia Imobiliária, vale a pena?”

    1. O processo é o mesmo para qualquer tipo empresa, seja ela uma lavanderia, uma rede fast food ou uma imobiliária. Encontrar um modelo de operação padrão que possa ser replicado e que agregue valor em uma cadeia de serviços. Se você tem interesse em transformar sua imobiliária em uma franqueadora, entre em contato que eu terei prazer em te dar maiores detalhes. Meu email é o gdcarnicelli@gmail.com / Um abraço.

  1. Franquias imobiliárias tem que ser mais eficazes e trabalhar ao lado do franqueado na busca de soluções do dia a dia da imobiliária.

    No momento o interesse delas é vender franquia, e não investir em processos de ajuda e treinamento e recrutamento de profissionais,unificação do banc de dados e ação concretas e eficazes de marketing.
    infelizmente estamos longe desse estágio e poderão ocorrer problemas sérios quando o mercado não estiver mais tão aquecido.

  2. Bom dia, muito interessante o tema.
    Estabeleci contato com alguns franqueadores do setor e me pareceu muito questionavel a relação custo x beneficio.
    De qualquer forma gostaria de receber informações quanto as novidades do setor.

    Obrigado.

    1. Gabriel, um dos principais pontos que uma franquia imobiliária precisa ter é a capacidade de gerar Negócios para a Rede Franqueada. Nós já estamos na era da Franquia Imobiliária Empresarial, onde o Franqueado não é apenas um Corretor de Imóveis, mas sim um Empresário Imobiliário com visão elevada em Negócios Imobiliários.

      Isso tudo, nós já aplicamos em nossa Franquia. Se desejar mais detalhes, entre em contato pelo e-mail: edupetrone@mudimoveis.com.br

      Muito Obrigado por sua atenção!!

  3. Não vale a pena!

    Não tem nenhum diferencial sensível de marketing e divulgação das marcas. (Estão a anos luz de uma empresa de nome, como a Coelho da Fonseca).

    Não oferecem nenhum tipo de treinamento e capacitação de novos corretores.

    O treinamento e suporte aos franqueados é péssimo.

    Fora a restrição para oferecer novos serviços aos clientes.

    Quem é do ramo NÃO precisa de franquia.

    Além de tudo isso, os clientes no Brasil (em decorrência do péssimo nível profissional) não escolhem a imobiliária/corretor por ter o melhor serviço/atendimento ou por alguma preferência pela marca, escolhem somente pelo imóvel que a empresa divulgou.

    A profissionalização do ramo ainda está engatinhando. Não vejo a curto prazo uma grande diferenciação de marcas e empresas.

    1. Leandro, você tem seus argumentos e eu respeito, mas fique atento para não perder o tempo e sentar na parte traseira desse “ônibus”.

      Existe uma tendência no mercado de se trabalhar sob uma mesma marca, duas líderes do mercado primário, a Brasil Brokers e a Lopes estão indo para esse caminho. Nos EUA mais de 2/3 das imobiliárias trabalham sob um “guarda chuva” de marca e mais da metade dos corretores estão em franquias imobiliárias. Só no território da Espanha existem 3500 unidades de franquias imobiliárias. Existem operações no Brasil com 3 anos de existência e mais de 200 escritórios sob a mesma marca, não existe nenhuma outra rede imobiliária com esse número de escritórios operando com uma única marca no país. Nos últimos anos quatro grandes marcas internacionais aportaram no Brasil e outras virão. A Brasil Brokers através da sua operação Rede Morar possui uma operação de franchising. É a evolução do nosso mercado.

      A questão meu amigo, é perceber que a velocidade de expansão que uma rede de franquias tem é absurda. Lembra das farmácias de bairro? Pois é, sumiram. Hoje, 80% delas estão operando em alguma marca de franquia, no mercado imobiliário, a tendência é a mesma. Isso aconteceu nos EUA, aconteceu na Europa e agora vai acontecer por aqui. Concordo contigo, o setor de franquia imobiliária ainda é imaturo, precisa preencher lacunas em suas operações, mas só a concorrência entre as marcas é que acelera esse processo. A dica é, não despreze a força desse modelo de negócio, fique atento para saber a hora de tomar uma decisão estratégica.

      Um abraço e sucesso.

  4. Trabalho em um franquia imobiliaria há 2 anos, sou do mercado ha 24 anos e caso fosse optar por uma marca escolheria uma marca com apelo nacional, reconhecida de imediato pelos clientes, atualmente existem algumas franquias renomadas internacionalmente porem sem expressão alguma em nosso mercado.
    E pelo investimento que fazem em divulgação da marca , não será tão cedo que irão conquistar este reconhecimento, porem com certeza não montaria uma imobiliaria sem estar em uma grande rede.O futuro já chegou.

    1. Certamente, Max, o trabalho coletivo e em parcerias é a melhor forma da empresa não ficar estagnada. Parcerias entre profissionais sérios envolvidos em propostas idôneas trazem ainda mais credibilidade ao mercado. Além do mais a adesão a uma franquia é garantia de estar associado a uma marca já reconhecida e aprovada pelo público, além de todo o respaldo de infraestrutura que ela oferece ao franqueado. Obrigada pelo comentário. Sucesso nos seus empreendimentos.

    1. Olá, Ademir

      Obrigada pela interação no blog e franquias imobiliárias é mesmo uma tendência forte. Há várias propostas bastante sérias e interessantes para o franqueado. É bom analisar bem e escolher o formato que melhor cabe para suas expectativas. Uma de nossas consultoras entrará em contato para detalhar melhor nossa proposta.
      MAria Luiza Wolk

    1. Que bom Júlia que está curtindo nossas publicações. Realmente o passo para uma franquia deve ser muito bem planejado e analisado os riscos. Toda a assessoria de uma equipe já estabelecida traz uma sustentação maior para os negócios, a fim de assegurar o investimento feito. Obrigada.

  5. Na minha concepção não vale… Uma pessoa que já tem experiência no ramo imobiliário não necessita custos adicionais provenientes de se tornar um franqueado, pois a pessoa já tem todo o know-how necessário… Quanto a questão de uma marca já conhecida, não acredito que seja um aspecto tão determinante, melhor investir o dinheiro e tornar sua própria marca reconhecida, ou se você já possui um nome reconhecido no mercado, utilizar o próprio nome na empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *