Exclusividade não pode ser opção, é a vida do corretor de imóveis.

O mercado imobiliário precisa da exclusividade para melhorar o seu nível de profissionalização e confiabilidade, e a VERDADE É ÚNICA, somente o corretor de imóveis pode fazer isso acontecer.

Quando um corretor aceita uma captação sem a exclusividade passa para o mercado a imagem de que talvez ela não seja a melhor opção para vender determinado imóvel. Não existe comprometimento entre as partes e isso é péssimo para todo tipo de negócio.

A maioria dos corretores me diz: “eu sempre peço exclusividade, mas o vendedor não quer dar”. Acredito isso acontece mesmo, mas por que será que o cliente não quer dar uma exclusividade? Você já parou para pensar como você pede e apresenta esse método de trabalho? Sim, trabalhar em exclusivo exige uma metodologia. Aqui vão algumas dicas que podem ajuda-lo nesse processo:

1) Acreditem no sistema, corretores que trabalham com dois tipos de captação passam a mensagem de que eles próprios não acreditam muito na exclusividade. Trabalhe apenas com imóveis em exclusivo, pode ser difícil no início, mas com o tempo vai gerar reconhecimento e garantir bons negócios. É muito melhor ter dez boas captações em exclusivo para trabalhar do que oferecer os 300 imóveis na base de dados da imobiliária. Foco gera resultado;

2) Tenha um padrão de trabalho para o imóvel captado e apresente uma metodologia para fazer com que a venda ocorra no menor tempo possível e pelo melhor preço, é só isso que o seu cliente deseja;

3) Crie um relatório de serviços efetuados, é chato? Sim é! Mas é necessário, parte do seu trabalho tem que ser chata, até jogador de futebol reclama de algumas coisas, mesmo fazendo o que ama e ganhando muito dinheiro. Crie um documento com estatística dos imóveis vendidos e demonstre conhecimento sobre a região e o tipo de imóvel captado, isso dá segurança ao vendedor, ele só vai dar exclusividade se você for muito melhor do que os outros;

4) Entre em contato constantemente com o proprietário do imóvel captado, explique o que está sendo feito, o status de cada tarefa e as dificuldades que vem encontrando. Envie por e-mail um relatório e atividade e justifique assim a sua comissão. Juridicamente isso demonstra que você vem trabalhando o imóvel e evita problemas futuros que podem ocorrer;

5) Tenha uma rede de relacionamento com outros corretores que possuem um nível de trabalho que você reconhece como de qualidade, troque informações sobre possíveis clientes e negócios, ter uma exclusividade não significa trabalhar sozinho, significa garantir uma parte da comissão por um trabalho bem feito;

6) Seja transparente com o seu cliente, aceitar uma exclusividade pelo preço que o cliente vendedor quer e não pelo preço de mercado é o primeiro erro de um corretor para garantir o imóvel em exclusivo. O especialista é você e não ele. Você discorda da dose que o médico receita quando tem que tomar um remédio? Nesse caso é a mesma coisa;

7) Peça para o seu cliente entrar em contato com outros clientes eu você já atendeu em exclusivo e peça para ele tomar referências suas e de como o seu trabalho foi executado. Transmita confiança. Nunca vi um corretor fazer isso, dizer ao possível cliente: “Você está em dúvida, tem aqui uma lista de clientes que eu atendi, pergunte a eles como foi o meu trabalho, fique com o meu cartão e me ligue depois”;

8 ) Se você trabalhar em uma imobiliária com marca reconhecida, apresente isso como um diferencial, utilize a marca como alavanca de qualidade. Existem hoje marcas nacionais e internacionais no mercado imobiliário brasileiro que podem servir de suporte para o corretor que está iniciando. Mas lembre-se, a grande marca do corretor é o trabalho do próprio corretor;

Faça um teste, tente essas dicas, melhore sua imagem e aumente os seus negócios.

Desejo sucesso!

6 thoughts to “Exclusividade não pode ser opção, é a vida do corretor de imóveis.”

  1. Olha, seria muito bom se o mercado funcionasse assim, mas devido aos maus corretores o mercado desanda, hoje pelo que venho observando no meu trabalho, a parceria entre proprietário e corretor é bem diferente os proprietários geralmente não aceitam as avaliações feitas pelos profissionais sempre acham que os imóveis deles valem muito mais do que a avaliação feita.Principalmente aqui na baixada Santista que esta todo mundo pensando no pré-sal.

  2. Olá, achei muito interessante essa matéria. Acredito na exclusividade e sem ela não faço negócio, agradeço e parto pra outra. Muitas vezes o proprietário retorna e pede para eu negociar o seu imóvel. Acreditar no que fazemos é o que nos dá a credibilidade de fazermos um bom negócio e um bom negócio é o com exclusividade.

    1. Corretíssimo seu comentário, Carmem, o profissional imobiliário a cada dia prova mais credibilidade, seriedade e transparência com sua postura e valores de que não abre mão. A exclusividade é garantia de negócio sério e prestação de serviço de excelência. Obrigada pela interação no blog e sucesso nos seus empreendimentos.
      MAria Luiza Wolk

  3. Concordo plenamente que a captação com exclusividade seja fundamental para o sucesso de uma imobiliária. Ai vai alguns números interessantes para reforçar minha declaração.
    Trabalhei alguns anos como corretor de imóveis prontos em uma grande imobiliária na cidade de São Paulo, em que o foco principal era Imóveis com exclusividade. Exclusividade era uma religião nessa empresa.
    Porém como não era fácil captação só com imóveis exclusivos, conseguíamos uma porcentagem de 20% de imóveis exclusivos e 80% de imóveis com apenas autorização de venda.
    Nas estatísticas de final de ano, os números de fechamentos eram os seguintes: 65% das vendas efetivadas nessa empresa eram de imóveis com exclusividade tendo apenas 20% do total de 100% de imóveis captados, os outros 35% das vendas eram de captações normais que perfaziam os 80% de imóveis captados com autorização de vendas.
    Nosso contrato previa que caso a venda fosse feita por nossa imobiliária os honorários seria de 6 %, caso o cliente fosse apresentado por outra imobiliária, os honorários seria dividido em partes iguais, entre as duas empresas participantes da intermediação.
    Aprendi uma coisa muito importante nesses anos de trabalho nessa empresa: A palavra EXCLUSIVIDADE é muito mal vista pelo cliente vendedor, eu utilizava CONTRATO DE GESTÃO EXCLUSIVO DE VENDAS. O fato de o nosso contrato prever a possibilidade de outra imobiliária poder compartilhar a venda descaracteriza a palavra exclusividade. A gestão é exclusiva a venda é compartilhada. Desde que feita em parceria com a imobiliária detentora do contrato.
    Outras coisas interessantes, A imobiliária deve ter uma politica de benefícios para o cliente que caita o CONTRATO DE GESTÃO EXCLUSIVO DE VENDAS, anúncios garantidos em diversos portais de venda de imóveis, fotos com qualidade etc.
    Uma imobiliária só oferecer o CONTRATO DE GESTÃO EXCLUSIVO DE VENDAS se o imóvel a venda estiver no preço correto, e após avaliar toda a documentação do imóvel. O cliente deverá fornecer: cópia da matricula cópia, cópia do carnê de IPTU, cópias de RG e CPF.
    CONTRATO DE GESTÃO EXCLUSIVO DE VENDA não se cancela. Porem, o vendedor poderá suspender a venda, mas, caso seja comprovado que a venda foi feita no período de gestão do contrato o cliente terá de pagar os honorários à imobiliária detentora do contrato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *