Em 2020 Receita Federal exigirá registro de imóveis

Segundo grandes veículos de notícias, o ano de 2020 será marcado por uma mudança relevante acerca do Imposto de Renda – isso porque a Receita Federal exigirá o registro de imóveis.

A implementação e exigência do registro do imóvel pegou os contribuintes de surpresa. É muito provável que haja campos adicionais junto à ficha de declaração de bens do Imposto de Renda.

É importante ressaltar que existe a possibilidade da medida tomada se tornar obrigatória, o que vem gerando, entre os especialistas, uma discussão contínua.

Os campos onde deverão ser inseridos os números da matrícula do imóvel, bem como, do Renavam de veículos declarados, já haviam sido criados no ano anterior; porém, a Receita Federal vem cogitando a obrigatoriedade destes dados.

No exercício de 2019, os declarantes não foram obrigados a fornecer este tipo de informação, porém existe uma insegurança quanto à necessidade de inserção ano de 2020.

Por conta disso nasceu a empresa Usucampeão, especializada em regularização extrajudicial de imóveis, baseada na Lei Federal 13.465/2017 e n° provimento número 65 do CNJ ( Conselho Nacional de Justiça).

A Usucampeão surpreende o mercado e se antecipa, fazendo processos de forma simples e eficientes. Isso tudo por conta de sua equipe especializada, tecnologia de ponta e parceiros como: advogados, engenheiros, topógrafos e imobiliárias que, junto a seus corretores, detém parte desses imóveis irregulares em todas as regiões do Brasil. Clique aqui e faça uma simulação gratuita para ser parceiro.

A Receita Federal exigirá registro de imóveis e é preciso ficar atento às possíveis mudanças que estão por vir!

No último Senso de 2010 o IBGE apontou aproximadamente 12 milhões de imóveis irregulares no Brasil e, como muitos já sabem, a declaração de bens no Imposto de Renda passou por algumas mudanças ainda em 2018. De lá para cá a Receita passou a pedir aos contribuintes uma maior quantidade de dados.

Mas isso poderá também passar por mudanças mais drásticas, uma vez que a Receita Federal irá exigir registro de imóveis e, por conta disso, é preciso considerar algumas recomendações.

Uma delas consiste em que o contribuinte deverá ter o cuidado de preencher de forma assertiva todos os dados desde já, uma vez que; em sua obrigatoriedade, e no prazo cerrado de declaração, o declarante pode não ter acesso às informações requeridas pela Receita Federal.

Clique aqui e conheça a Usucampeão, empresa especializada em regularização extrajudicial de imóveis, que pode sanar em tempo hábil as irregularidades registrais do imóvel, garantindo a tranqüilidade do contribuinte na hora de declarar o seu Imposto de Renda.

Entendendo a pequena alteração na ficha da Receita

Como a Receita Federal irá exigir registro de imóveis, é importante ficar atento a algumas mudanças que poderão surpreender boa parte dos contribuintes no exercício de 2020.

Nos exercícios passados, era possível inserir a observação de que não havia registro no imóvel mencionado e prosseguir com a declaração. Porém o que preocupa os declarantes no exercício futuro, é a possível aplicação de multas, ante a exigência dos novos dados.

A omissão de rendimentos ao fisco é um dos erros mais cometidos por grande parte dos contribuintes e pode gerar transtornos.

Por mais que a omissão seja uma falha grave, foram divulgados os dados do exercício de 2018 pela Receita Federal e mais de 600 mil contribuintes omitiram informações em suas declarações, caindo na “malha fina”.

A dificuldade de acesso às informações requeridas pelo questionário da Receita pode acarretar no descumprimento dos prazos estipulados para declaração.

Por isso é necessário estar atento sobre as eventuais mudanças de regras.

A exigência do registro de imóveis pela Receita Federal é algo que pode confundir o declarante e por isso são necessárias medidas preventivas para evitar os aborrecimentos trazidos pela ausência ou erro na declaração.

Por isso, a Usucampeão se dispõe a regularizar os imóveis de seus clientes. Conheça as condições e diferenciais oferecidos. Torne-se um parceiro direto e ajude a resolver esta questão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *